Templates by BIGtheme NET

PM-AL diz que ação judicial que questiona aferição de altura de aprovados em concurso foi precipitada

599e681faa416

Após uma decisão liminar determinar que o Comando da Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) refaça o exame de aferição de altura de todos os aprovados no concurso da PM, o coordenador da 3ª Etapa do Concurso da Polícia Militar disse que a ação judicial foi precipitada já que a fase de aferição de altura dos candidatos ainda não aconteceu.
O mandado de segurança foi impetrado por um grupo de candidatos que alegaram que pessoas com menos de 1,65 metro do sexo masculino e 1,60 metro do sexo feminino haviam sidos aprovados no teste de aferição de altura mesmo não tendo a altura mínima exigida no edital.
De acordo com o coordenador da 3ª Etapa do Concurso, coronel Albino, a medida foi precipitada porque a etapa de aferição de altura ainda não aconteceu, sendo ela uma das últimas do processo seletivo.
“Acredito que houve um desencontro de informações porque a etapa da aferição de altura não foi feita. Essa etapa não conta no edital para ser feita no exame médico. Ela será feita posteriormente na verificação dos requisitos para ingresso da corporação. E a lei é clara, ninguém com estatura abaixo da permitida do edital vai ingressar na PM”, relata o coronel Albino.

*com informações do G1 AL


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com