Templates by BIGtheme NET

Funcionários de hospital da Bahia são demitidos após gravarem vídeo dançando ‘Que Tiro Foi Esse?’

IMAGEM/REPRODUÇÃO
IMAGEM/REPRODUÇÃO

 

Dois funcionários do Hospital Santa Izabel foram demitidos depois de gravarem um vídeo em que aparecem dançando a música “Que tiro foi esse?”, de Jojo Todynho. Segundo a Santa Casa da Bahia, gestora da unidade, a gravação “vai de encontro a um dos pilares da existência” do hospital, que é o “atendimento de excelência ao paciente”. A informação foi confirmada nesta terça-feira (30).

O vídeo mostra dois homens fardados, usando uma cadeira de rodas da instituição, dentro do hospital. Como de praxe em simulações do tipo que tomaram conta da web, os funcionários simulam que foram atingidos por um tiro e se jogam no chão. Depois, levantam e dançam animadamente. As imagens acabaram se espalhando nas redes sociais.

Em nota, a Santa Casa diz que os funcionários estavam em horário de trabalho, gravaram o vídeo sem autorização expressa da instituição e deixaram os pacientes esperando por seus serviços enquanto faziam a cena de humor. A Santa Casa afirma que o procedimento de demissão aconteceu dentro das normas legais, respeitando todos os direitos dos envolvidos.

A instituição não divulgou o nome ou função dos funcionários demitidos. A unidade é particular, mas também faz atendimentos pelo SUS.

Leia a nota completa:

“A instituição entende que a gravação vai de encontro a um dos pilares de existência da Santa Casa que é o atendimento de excelência ao paciente. O vídeo mostra funcionários em horário de trabalho, sem autorização expressa da instituição, fardados e que deixaram pacientes esperando pelos seus serviços para gravar um vídeo de humor. Centenas de pacientes são atendidos diariamente num hospital e, muitas vezes, a demanda por procedimentos é maior do que a capacidade, por isso, a dedicação e entrega da equipe é o que faz a diferença num atendimento humanizado e de qualidade. Por fim, informamos que todo o procedimento de demissão foi feito dentro das normas legais, respeitando os direitos dos funcionários”

Fonte: Correio 24 Horas.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com